Minha Filha Diabética

Uma vida mais doce após o diabetes tipo 1!

Coisas que um recém diagnosticado e sua família precisam saber!

1 comentário

Essas dicas são da Joslin Diabetes Center, eu achei bem interessante e resolvi colocar aqui pra vocês, já que sempre conhecemos alguém que acabou de descobrir que tem diabetes!! As dicas valem pra todas as idades e tipos de diabetes e mesmo pra aqueles que tem diabetes há algum tempo!! Pra ler o texto original em inglês, clique aqui!

Vou fazer um resumo pra não ficar muito cansativo de ler:

* Mais importante, certifique-se de passar em consulta com um especialista em diabetes, endocrinologista ou diabetologo (diabetologista) pelo menos a cada 6 meses.

*Aprenda sobre diabetes e comida, apesar de hoje em dia não existir mais uma dieta específica pra Diabetes, é importante se informar sobre os alimentos a fim de fazer sempre boas escolhas na hora de comer e manter um equilíbrio entre sua medicação e os carboidratos. Você pode começar com um especialista, seu médico ou nutricionista pra entender esse mecanismo, e além disso pode buscar outros recursos como sites. (Aqui no Brasil existem várias associações, tem também a Sociedade Brasileira de Diabetes, mas fique atento sempre de onde vem a informação que você está lendo,  hein… certifique-se da fonte, de onde veio a informação que você tá lendo, principalmente hoje, onde muitos blogs escrevem o que querem)

*Procure também um profissional que te ajude a fazer um plano de atividade física, que pode ser feito numa academia ou mesmo na sua casa, existe várias maneiras de aumentar sua atividade física, não necessariamente musculação numa academia!

*Agendar uma consulta com um profissional da saúde mental (psicólogo, psiquiatra, o que achar melhor) pode te ajudar (e MUITO) a lidar com o estresse e o desafio de conviver com uma doença crônica. (Se você ainda não se sentir bem pra procurar um profissional, tente não se isolar, participe de comunidades, tanto na internet como onde vocês mora, procure associações, grupos de discussões de pessoas com os mesmos interesses, fale sobre o assunto, você vai ser que seus medos e dúvidas, são os mesmo que os de outras pessoas, e trocar experiências é muito gratificante)

*Consultar um oftalmologista uma vez por ano. (Mesmo a Vivi sendo criança e as pessoas comentarem que dificilmente crianças sofrem das complicações, eu levo no oftalmo todo ano…)

*Aproveite sua consulta no especialista pra dar uma olhada nos seus pés. Se ele não se lembrar, lembre-o. Mostre também mudanças de pele, machucados, feridas, qualquer coisa diferente que apareça no seu corpo. É bom também uma vez por mês ver um Podólogo, pra ter certeza de que está tudo bem com a circulação e nervos. (Eu nunca levei a Vivi em um, mas preciso. Acho difícil achar um confiável porque hoje em dia tem podólogo em todas as esquinas, certamente levarei ela na ADJ-Associação de diabetes juvenil, que agora é Associação de Diabetes Brasil, nos profissionais de lá eu confio de olhos fechados)

*A monitorização da glicemia é a base para o auto-controle. Aprenda direitinho a fazer as medições, converse com seu médico pra saber a frequência que você deve medir e o porquê. Sua rotina de medição vai ajudar a você e seu médico a saberem que sua alimentação, atividade física, medicação estão dentro do desejado pra se manter um nível glicemico dentro do seu objetivo, e o que for decidido entre você e seu médico, deve ser feito. Isso é muito importante. (Por isso a importancia de se anotar TUDO que você faz, quantidade de medicação, de carboidratos, glicemias, exercícios físicos, pra quando algo sair do desejado, o médico saber no que mexer pra melhorar.)

Tudo isso parece muito trabalhoso, e é. Mas milhões de pessoas com diabetes deram conta de lidar com isso tudo pra viver bem com o diabetes, e você pode, também! Com educação adequada e e pratica consistente do que você aprende, você pode controlar o diabetes e se prevenir pra ELE não controle você.

 

About these ads

One thought on “Coisas que um recém diagnosticado e sua família precisam saber!

  1. Oi Nicole,parabéns pelo Blog!
    Tenho uma filha de 3 anos e ha 1 e meio descobrimos que ela é portadora de diabetes.Tento ser forte mas é difícil,choro todas as noites!Ela é muito forte,não reclama pra fazer o teste nem quando aplico a insulina.Já sabe pedir tudo diet mas está sendo muito difícil pra mim pois o nível de glicose no sangue ainda varia muito de 50 a 400.Na última consulta com a endócrino(mes passado) falei sobre minha preocupação e a única resposta foi que criança é assim mesmo.Tenho muito medo das possíveis complicações e foi aí então que mesmo morando em Rio das Ostras resolvi que vou tentar o tratamento no Rio de Janeiro.Já mudei a pediatra que pediu novos exames,a nutricionista(cuja consulta será dia 17) e consegui uma consulta com a endócrino para janeiro.Só o que eu desejo nesse momento é que a doença seja controlada e que ela fique bem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.539 outros seguidores